sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Saber Tabuada

Olá amigos!

Estou criando um espaço para trocarmos idéias sobre um tema que muito me deixa preocupada: Será que não devemos cobrar a memorização da tabuada aos nossos alunos?

5 comentários:

edelson disse...

Acho totalmente válida a exigência da memorização da tabuada... Graças a essa exigência, até hoje faço as quatro operações com os arquivos da memória... Penso que o uso de calculadoras e afins durante as aulas tiram do aluno a agilidade mental para cálculos... É lamentável ver alunis da sexta, sétima ou oitava série que não sabem fazer cáculos fracionados... ou com vírgulas...

ilegalmenteloira disse...

Acredito na eficácia da tabuada sim. Talvez o metódo de cobrá-la merece mais atenção atualmente, já que não podemos negar que estamos inseridos num mundo onde a velocidade do tempo dita as regras.O aluno saber tabuada deveria continuar sendo fundamental, agora pode-se fazer isso de diversas maneiras lúdicas que não seja simplesmente a decoreba exaustiva. A memorização da mesma pode se dá, por exemplo, através de jogos como bingo e além disso, o próprio computador oferece uma infiniade de possibiliadades para auxiliar nessa memorização nos jogos on-line ou de cd-rom, bem como em loterias que podem ser realizadas no Excel. Obrigada por esse espaço e parabéns pela iniciativa de abordar um tema tão pertinente e por vezes deixado de lado. PRISCILA, E.M.BRANCA PEÇANHA FERREIRA

Conceição disse...

Acho que memorizar a tabuada além de ajudar o aluno a fazer os cálculos mais rápido faz com que exercite a sua memória.

trocandoideias disse...

Memorizar a tabuada é fundamental para se resolver as operações com rapidez e eficácia.Porém, o exercício que leve à memorização é que deve ser feito de maneira lúdica e estimulante, através de jogos e brincadeiras.

Anônimo disse...

Eu sou aluna.
E eu acho que nao devemos saber de cór.
Precisamos saber pelomenos um pouco para nos ajudar nas provas e trabalhos.